R$ 8.303.500,00
Premiação Distribuída
304339
Fornecedores Incluídos
209968
Consumidores Cadastrados
74636
Bilhetes Premiados
38462292
Bilhetes Gerados

27/09/2017 | Encontro de inteligência fiscal fortalece integração entre órgãos

25/09/2017 14:25h

Começou nesta segunda-feira (25) e segue até o dia 27, em Belém, o 13º Encontro Nacional de Inteligência Fiscal - ENIF, que reúne técnicos da Secretarias de Fazenda dos estados e da Receita Federal. A Secretaria da Fazenda do Pará (Sefa) é quem está à frente da organização do evento, cujo tema é “O desafio de consolidar a rede nacional para combater a fraude fiscal”.

“O Encontro Nacional de Inteligência Fiscal é o fórum para discussão de temas relacionados às atividades específicas. Desde o primeiro momento tivemos o apoio do secretário da Fazenda para realizar a programação em Belém”, explica o fiscal de receitas estaduais Mauro Pontes, coordenador do Centro de Pesquisa e Análise Fiscal da Sefa. 

O objetivo do encontro é compartilhar experiências, discutir as ações realizadas e unir esforços para o desenvolvimento de atividades comuns. No primeiro dia do evento as palestras foram abertas aos gestores da Sefa, representantes das inteligências de órgãos federais, estaduais e municipais e servidores da Carreira da Administração Tributária (CAT). Nos dois dias seguintes haverá a reunião dos integrantes das Unidades de Inteligência Fiscal dos estados e da Receita Federal, reunindo cerca de 80 pessoas, em caráter restrito.

O diretor de Fiscalização da Sefa, Shu Yung Fon, representou o secretário da Fazenda do Pará, Nilo Noronha no evento. Ele disse que a integração entre os órgãos de fiscalização potencializa os resultados alcançados e lembrou que a Sefa tem atuado em parceria com diversos órgãos estaduais e federais. 

Também compuseram a mesa de abertura do evento Gerson D’agord Schaan, servidor da Receita Federal e coordenador do Sistema de Inteligência Fiscal - SIF; José Carlos de Arruda Santos, superintendente da Abin Pará; Antonio Carlos Catete, do Sindifisco, e Mauro de Lima Pontes, fiscal de receitas estaduais da Sefa.

A primeira palestra foi do procurador federal Ubiratan Cazetta, que falou sobre a interação entre as instituições. Também haverá debates sobre lavagem de dinheiro e fraude em combustíveis.

Por Ana Marcia Pantoja