R$ 10.136.000,00
Premiação Distribuída
399194
Fornecedores Incluídos
249218
Consumidores Cadastrados
85414
Bilhetes Premiados
48409132
Bilhetes Gerados

11/08/2016 | Programa Nota Fiscal Cidadã cadastra consumidores na sede do Detran

Nesta quarta-feira (10) começou na sede do Departamento de Trânsito do Pará (Detran) um período de três dias para cadastramento de consumidores e orientações aos interessados em participar do Programa Nota Fiscal Cidadã. Quem foi à sede do órgão, na Avenida Augusto Montenegro, em Belém,  já encontrou os servidores da área de atendimento usando camisetas do programa, que estimula a cidadania fiscal e distribui prêmios em dinheiro para consumidores que pedem nota e cupom fiscal com CPF aos estabelecimentos comerciais.

 “Para participar dos sorteios trimestrais é preciso fazer o cadastro, que é rápido e simples, no site do programa na internet. A partir daí, é acompanhar os resultados dos sorteios para ver se seus bilhetes foram sorteados”, explica Roseli Pantoja, servidora da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa).

 O cadastramento no Departamento de Trânsito será realizado até a próxima sexta-feira (12), das 09 às 12 h, pela equipe do Programa Nota Fiscal Cidadã. Já no primeiro dia, mais de 60 pessoas se cadastraram.

 Em setembro haverá outro sorteio. Os bilhetes eletrônicos serão gerados a partir das informações de notas e cupons fiscais com CPF emitidos entre os meses de abril e junho de 2016.

 O Programa  Nota Fiscal Cidadã foi implantado em 2012, e visa estimular o cidadão a pedir a nota ou cupom fiscal a cada compra. Atualmente, mais de 155 mil pessoas estão cadastradas no programa.  A meta é ampliar a participação dos consumidores  do interior do Estado e alcançar 400 mil cadastrados.

 Os sorteios são trimestrais. A cada R$ 100,00 em compras, com emissão de cupom ou nota fiscal com CPF, é gerado um bilhete em nome do participante. Os prêmios, em dinheiro, são depositados diretamente na conta bancária dos sorteados.

 Mais informações estão disponíveis no site www.sefa.pa.gov.br/nfc e pelo 0800-7255533.

 

Por Ana Marcia Pantoja